Lua cheia

Quando a vida nos diz não uma e outra vez e estás prestes a desistir, lembra-te de lhe dizer que sim bem alto e com letras garrafais. Quando a luz parece querer apagar-se e não resta mais nada se não escuridão, olha para o céu e lembra-te do luar: a lua cheia tem o poder de afastar todas as nuvens.
Quando as palavras nos magoam mais do que o silêncio, como espinhos que rasgam a pele, lembra-te que o tempo passa, as palavras esquecem-se e, no final, fica o silêncio. Quando a idade nos tira a vitalidade e a energia e a aparência forte mostra sinais de fraqueza, lembra-te que só o amor nos salva e revigora. Quando a solidão teima em invadir o teu corpo, como se não te deixasse respirar, aprecia esses momentos e aprende a gostar ainda mais de ti. 
Quando a tempestade é tão violenta que não deixa pedra sobre pedra, só nos resta colocar mãos à obra, começar tudo de novo e construir uma fortaleza de esperança. Lembra-te, no final, só o amor importa. E mais nada…

Créditos da imagem: Nathalie Aguiar

Arquivo

Um comentário

  1. Setembro 7, 2017
    Reply

    I am now not certain where you’re getting your info, however good topic. I must spend a while learning much more or working out more. Thank you for great information I used to be searching for this info for my mission.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *