Há sempre um caminho

Se a vida te obriga a parar, é porque há algo que não estás a fazer bem, é porque precisas de tempo para refletir um pouco no que estavas a fazer e no caminho que estavas a seguir. Talvez a vida te esteja a tentar mostrar que tens outras possibilidades, outros caminhos, menos visíveis, mas mais desafiantes.
Se a vida te puxa para outro lado, ainda que não compreendas e te revoltes, é porque tem algo para te ensinar. Há sempre uma lição em tudo o que corre menos bem.
E se a vida nos tira algo, em vez de nos zangarmos com ela, agradece-lhe o empurrão. Era algo que já não te pertencia. Provavelmente estavas preso numa situação que já não te estava a fazer crescer.
Se há pessoas que te limitam e te fazem sentir pequeno, afasta-te. A vida vai mostrar-te que não há limites, não há tamanho, há o infinito, porque a própria vida é infinita. Se tens de fazer uma pausa, aproveita, recupera todas as energias e mais algumas. Vais precisar porque a vida vai ajudar-te a voar.

Créditos da imagem: Catarina Gouveia
Poderão ver mais fotografias em facebook.com/CatarinaGouveiaActriz

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *