Ser feliz

Preciso de tão pouco para ser feliz, uma mão cheia de tão pouco para muitos que, para mim, significa tanto! Sou feliz por ter tempo para estar junto ao mar, por ter tempo para sentir uma paisagem avassaladora, por ver um céu infinito de estrelas sobre mim, por avistar um horizonte que não consigo alcançar. 
Basta-me viver todos os momentos carinhosos que a natureza me oferece e sou feliz! Um amanhecer com os passarinhos a cantar e a voar perto da minha janela, o sol a bater no meu rosto quando me deito num relvado perto de flores coloridas, um pôr do sol arrebatador, que me inspira e me faz acreditar que o dia de amanhã vai valer a pena.
Com esse pouco que, afinal, é tanto, alimento o meu espírito, dou paz à minha alma e floresço. Com esse pouco que me enriquece tanto, posso fazer a diferença no meu pequeno grande mundo. Posso transformar espinhos em rosas, pedras em flores, rostos amargos em rostos alegres, lágrimas em sorrisos, silêncios em abraços. Preciso de tão pouco e tenho tanto!

Créditos da imagem: Jorge Pelicano

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *