Espírito livre

Sonhava viajar, conhecer o mundo todo, aprender culturas e hábitos diferentes dos seus, ver pessoas de todas as nacionalidades. Era um espírito livre, não estava pronto para se deixar cativar por ninguém, não se queria ligar a ninguém. Mas estas coisas simplesmente acontecem. E aconteceu com ele. Apaixonou-se contra a sua vontade. E, por isso, tentou esconder esse sentimento o mais que pôde. Ela nunca soube que ele gostava dela. Percebeu-o nos seus olhos num momento que ele deixou escapar sem querer. Foi tudo o que teve dele: um momento.
Ele precisava de ir. O seu destino era longe dali. E foi. Seguiu caminho e partiu para uma longa viagem. Com o passar do tempo, percebeu que o amor é a essência da vida. Percebeu que o amor não tem medida nem tempo nem limites.
Percebeu que a fizera sofrer e que fizera sofrer também o seu coração, que sempre estivera noutro lugar, que tinha ficado preso àquele local de onde quisera sair. Regressou na esperança de emendar o seu erro. Mas era tarde para eles. O tempo ensinou-o a ouvir o seu coração. A liberdade que tanto procurou estivera sempre dentro de si mesmo.

Créditos da imagem: Direitos Reservados

Arquivo

2 Comments

  1. Thanks in support of sharing such a fastidious thought, article is nice,
    thats why i have read it fully

    • Helena Simão
      Maio 29, 2017
      Reply

      Thank you Odell!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *