Pela verdade

Sou pelas gargalhadas em vez dos silêncios aflitos. Sou pelos olhos nos olhos em vez dos mal entendidos. Sou pelas ações em vez dos sonhos aprisionados nas malhas da pequenez. Sou pelos amigos, pelo dar, pelo estar, pelo ser em vez do receber, do ter, do pertencer. Sou pela luz, pelo foco, pela tentativa em vez do receio de falhar. Sou paz, sou a brisa fresca da manhã, um sorriso no meio da multidão.
Tenho fé. Gosto de acreditar. Em mim, nos outros, no melhor dos outros, mesmo quando revelam o pior de si, contra os outros, contra mim. Porque não percebem que, na verdade, apenas estão a fazer mal a eles próprios. A injustiça é passageira e a justiça acaba sempre por funcionar, por colocar tudo no devido lugar. Sou pela verdade, mesmo que demore.
Sou pelo equilíbrio, pela natureza, pela gratidão em vez dos lamentos. Quando caio, não perco tempo a culpar a vida, levanto-me o mais depressa que consigo e continuo o meu caminho, mesmo que as dores me tentem travar. Sou amor. Por mim, pelas pessoas, pela natureza, pelo universo, pela vida.

Créditos da imagem: Rita Catarino
Poderão ver mais fotografias aqui.

Arquivo

Um comentário

  1. Setembro 7, 2017
    Reply

    Nice blog! Is your theme custom made or did you download it from somewhere? A theme like yours with a few simple tweeks would really make my blog jump out. Please let me know where you got your design. Kudos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *