Entra

Entra, se vens por bem. Entra, se vens para ficar. Fica, se pretendes estar ao meu lado, sempre que eu precisar de apoio, sempre que eu precisar de um novo fôlego e de vir à superfície, sempre que precisar de uma mão que me dê confiança, de uma mão forte que não me deixe cair, sempre que eu precisar de um abraço sereno que me proteja de todos os meus medos.
Fica, se tiveres paciência para lidar com os meus dias mais difíceis, com as palavras mais áridas que possam sair da minha boca, depois de me cruzar com vidas tão secas e frustrantes, tão limitadas e negativas, que acabam por contaminar tudo à sua volta. Entra, não te assustes com os meus receios e com as minhas fragilidades.
Vou dar-te o melhor de mim. Vou ser a melhor pessoa que conseguir. Entra, se quiseres ser livre. Entra, se quiseres. Mas, se não vens para ficar, prefiro que te deixes ficar à porta. Não me prometas nada que não possas dar ou que não tencionas dar. Assim, o meu coração já não fica à espera de nada, se for nada o que tiveres para me dar.

Créditos da imagem: Direitos Reservados

Arquivo

2 Comments

  1. Setembro 7, 2017
    Reply

    I think other website proprietors should take this site as an example , very clean and fantastic user genial design and style.

    • Helena Simão
      Outubro 23, 2017
      Reply

      Thank you Rossie!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *