Amizade

Tudo é temporário, mas não a amizade. Tudo é vão, mas não o sorriso, o abraço, o olhar preocupado, o “gosto de ti”. Tudo é passageiro, mas não as pessoas, as que nos marcam, as que tornam a nossa vida melhor, as que têm o dom de alegrar os nossos dias.
Hoje estás aqui, como se esta fosse a tua casa, construíste-a à tua imagem, alicerçaste sonhos como se fossem o teu alimento, criaste pontes de sorrisos com o teu carinho, os teus gestos, as tuas palavras, a tua presença. Mas amanhã já não vais estar aqui. Amanhã não vou ver os teus olhos a brilharem por mais uma conquista ou a chorarem por mais uma pedra no teu caminho. E por mais que eu saiba que não é a distância que separa as pessoas, mas, sim, a indiferença, a tua ausência vai ocupar muito espaço. Demasiado espaço.
Mas tu tens de voar porque é assim que tem de ser para quem constrói asas de esperança. E eu tenho de te ver voar, percorrer esse céu azul, brilhante como o teu coração. Só assim saberei que és feliz. Tudo passa, menos a felicidade que sentimos quando os que amamos estão felizes. Essa bem poderia ser a melhor definição para a amizade.

Créditos das imagens: Direitos Reservados

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *