Desapega-te

Desliga as complicações, os problemas e as dúvidas que surgem em catadupa na tua cabeça.
Descontrai. Não deixes que a vida te faça uma pessoa sisuda e introspetiva. Se é para levar a sério, que seja com sorrisos e muitas gargalhadas, se é para levar a sério, que seja a boa disposição e o bom humor.
Desfaz esses nós que os últimos tempos fizeram no teu caminho. Se é demasiado difícil e não flui, talvez não seja por aí.
Desdiz, se tiver de ser. Não fiques preso a palavras que disseste sem pensar ou que já não sentes hoje. Todos erramos e voltar atrás não é perder, é crescer.
Desvenda, mostra-te, sem receio de expor as tuas fragilidades e os teus sonhos. Aceita-te como és e abraça-te todos os dias.
Desdramatiza. O que hoje é enorme, gigante, impossível, amanhã, depois de amanhã, um dia vai ser pequeno, mínimo, possível. Só tens de colocar as mãos na massa. Só depende do teu esforço e da tua determinação.
Despede-te. Para seguirmos em frente, há sempre algo que temos de deixar para trás. Para vivermos a nossa vida, há sempre pedaços de nós que têm de ficar pelo caminho.
Desapega-te. Não importa a quantidade de coisas que temos à nossa volta: Nada disso nos preenche, nada disso faz de nós o que somos. Importa, sim, quem somos, de dentro para fora, camada a camada, leveza e paz. Do coração para o mundo.

Créditos da imagem: Catarina Gouveia
Poderão ver mais fotografias em facebook.com/CatarinaGouveiaActriz

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *