Sem um aviso

Sem um aviso, afastaste-te, diluíste-te neste nevoeiro denso que é a distância. Já não havia nada por dizer. Foi o rio de palavras difusas, de meias palavras que nos separou. Foi o mar de mal entendidos, de dúvidas, de inseguranças que nos fez virar costas um ao outro. Tornei-me invisível para ti, tornaste-te um sonho impossível de alcançar para mim. Os meus passos são demasiado pequenos para acompanhar os teus. Não aprendemos a dançar ao som da mesma música.
Sem um sinal, partiste em busca do que acreditas ser o melhor para ti. Estarei contigo, apenas no meu pensamento, no meu coração, a interceder por ti.
Guarda as palavras que nunca me disseste para alguém que veja o melhor que há em ti, alguém que te descubra, que acredite em ti, que se torne melhor contigo. Guarda os beijos que não me deste para alguém que oiça a tua música e cante contigo. Guarda os abraços que não couberam nas nossas vidas para quem te oferecer o mundo, o mundo todo que te faz falta. Quando o amor tomar conta de ti, o teu mundo será o que sonhei um dia para o meu.
Sem uma despedida, houve uma história que acabou. Para trás, ficam as memórias, a saudade que me lembra todos os dias que um dia fui feliz, que um dia voei, fui eterna, fui infinito. Sem sabermos, algo de novo começa para nós.

Créditos da imagem: Direitos Reservados

Arquivo

Um comentário

  1. Setembro 7, 2017
    Reply

    With havin so much content do you ever run into any issues of plagorism or copyright infringement? My site has a lot of exclusive content I’ve either created myself or outsourced but it looks like a lot of it is popping it up all over the web without my authorization. Do you know any methods to help protect against content from being ripped off? I’d genuinely appreciate it.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *