Confiar

Às vezes, algumas coisas que desejamos não são para ser. Às vezes, precisamos de perder para, depois, mais à frente, ganhar. Às vezes, só precisamos de paciência, manter o foco no coração e acreditar que a vida está a dar as voltas certas para nós, mesmo que nos esteja a baralhar.
Às vezes, só precisamos de dar tempo ao tempo para que o que é nosso se revele, quando e onde a vida entender. Tudo acontece no momento certo, tudo o que não acontece não tinha de acontecer. A vida trata de nós como ninguém, tira e dá tudo o que precisamos para sermos felizes e partirmos em busca dos nossos maiores sonhos.
A vida quer que sejamos maiores e melhores a cada dia que passa nem que, para isso, tenhamos de ultrapassar tormentas e obstáculos que nos fazem duvidar de nós, que nos fazem questionar quem somos e o que estamos aqui a fazer. Mas, depois da tempestade, há um coração que bate pelo que é certo, pelo que há-de ser um dia. Depois da tempestade, tudo fica mais nítido.
Compreender que algumas coisas não são para ser, mesmo sem entender, é sinal de maturidade, é sinal de que estamos no caminho certo. Mostra que aprendemos a confiar.

Créditos da imagem: Helena Simão

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *