Cada dia

Cada dia é uma jornada inesperada. Cada dia é um prolongamento de quem és ou de quem procuras ser. Cada dia tem uma luz diferente, um acorde diferente, um caminho diferente. Podes saber como começa, mas nunca saberás como acaba. Podes saber como gostarias que fosse, mas nunca saberás como vai ser.
Cada dia é um passo no sentido do que procuras, é uma esperança que renasce, é a possibilidade de os teus olhos voltarem a brilhar. Cada dia é uma oportunidade de seres um sonho realizado, de seres mais do que uma sombra do que foste um dia e que não queres voltar a ser. Não olhes para trás, não cometas os mesmos erros, comete outros, e não desistas.
Vale a pena tentar. Vale sempre a pena continuar a caminhar à procura de um novo dia, de uma nova página em branco. Vale sempre a pena ser, estar, sentir, viver. Cada dia pode ser alegria, música, movimento, emoção, mas também pode ser tristeza, dor, passos atrás, desilusão. Pode ser dúvida, mas também pode ser a resposta que procuravas. Cada dia é fim, mas também o princípio. Porque há sempre uma janela de possibilidades infinitas, a cada novo dia.

Créditos da imagem: Helena Simão

Arquivo

2 Comments

    • Helena Simão
      Setembro 7, 2017
      Reply

      Thank you Roy!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *