Desta vez

Desta vez, vou trilhar o meu próprio caminho, deixar para trás o que não me faz bem e andar. Vou seguir na direção do sol, desse sol que nos diz para não desistirmos da luz e para não insistirmos na escuridão. Desta vez, vou abrir as mãos e confiar que o universo me dá o que preciso e que tudo acontece no momento certo.
Desta vez, vou dar ouvidos àquela voz que, dentro de mim, tenta há muito ser percebida. Quando foi a última vez que fiz algo sem pensar? Quando foi a última vez que fui, sem medo do depois, sem medo das consequências? Desta vez, vou voltar a ser criança, acreditar que todos temos um lado bom, que só precisa de aprender a amar.
Vou cuidar de mim, ter tempo para tudo o que me faz sorrir e tentar agarrar todas as estrelas que estão no céu e que parecem distantes de mais. Essas estrelas são os meus sonhos e, desta vez, não vou esperar, não vou adiar, não vou parar. Vou tentar, vou arriscar, vou desafiar os meus medos e aliar-me à esperança. Vou fazer do sonho a minha vida. Desta vez!

Créditos da imagem: Helena Simão

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *