Para ti

Para ti, que és razão e coração, frente e verso, sol e luar, amor e indiferença. Para ti, que és muito mais para mim do que podes imaginar, que és a diferença entre andar e saltar, que és a soma dos meus sorrisos multiplicados por cada palavra, cada pequeno gesto de carinho.
Para ti, que fazes do longe perto, do vazio um ombro amigo, do silêncio uma sinfonia de incentivo. Para ti, que acreditas em mim mais do que eu, que dizes para ir sempre mesmo que não saiba para onde, que me olhas nos olhos e garantes que os milagres acontecem. Para ti, que não desistes de mim e que estás ao meu lado em cada paragem forçada, em cada passo, em cada corrida.
Para ti, que, sem pressa, confia que o melhor de mim está para chegar. Para ti, que fazes de cada acordar um novo recomeço, uma lufada de ar fresco, uma primavera de sentidos. Para ti, que mesmo nos momentos dolorosos, e sobretudo nos momentos dolorosos, tens o dom de tornar os dias mais leves. Para ti, que és cor e liberdade, que és sonho e verdade.
Estas palavras são para ti: obrigada!

Créditos da imagem: Direitos Reservados

 

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *