Ainda há esperança

Ainda há esperança para ti. Ainda podes mudar de rumo. Enquanto tiveres tempo, é possível, enquanto tiveres vontade, é possível, enquanto tiveres determinação, é possível. Mantém-te agarrado à última ponta de esperança e não desistas de acreditar.
Todas as tempestades são passageiras, tudo é efémero menos o amor. Tudo é temporário, mas não o amor que tens dentro de ti e é a alavanca que precisas para aguardar pelos dias de sol, pelas pessoas que te fazem bem com a sua luz, pelas flores que vão voltar a crescer, pelos presentes que hão-de chegar às tuas mãos.
Basta que as tenhas abertas, basta que dês uma oportunidade à vida para te mostrar que nenhuma lágrima é derramada sem um sentido, que nenhum sofrimento é em vão. Amanhã vai ser melhor. Porque a esperança não te abandonou. Nem o amor.

Créditos da imagem: Direitos Reservados

 

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *