Esperei demasiado

Esperei demasiado de ti. Mesmo sabendo que não irias juntar todas as peças. Mesmo sabendo que éramos demasiado diferentes. Há peças que foram feitas para estar isoladas porque têm um lugar próprio, um destaque particular.
Não encaixámos. Não conseguimos limar todas as arestas que poderiam ter permitido que, afinal, nos entendêssemos. Não quisemos fazer nenhum esforço, nenhum sacrifício que nos ferisse o orgulho. Preferimos que as peças ficassem soltas, tal como nós.
Esperei demasiado por ti. Não tiveste tempo ou não quiseste gastá-lo comigo. Não tiveste a ousadia de cometer um ato de loucura, algo que abalasse todos os alicerces da tua vida. Não, isso não é para ti. Preferes que o teu caminho seja uma linha reta em vez de te atirares aos baixos e saltares para os altos. Esperei demasiado até me encontrar. Agora só espero por mim.

Créditos da imagem: Helena Simão

 

Arquivo

2 Comments

  1. Rosa Maria
    Novembro 6, 2017
    Reply

    Bolas ,como me identifiquei, com este texto 😍😍😍.Pareceu me escrito da minha própria mente!!!Parabéns, como é possivel…❤❤❤❤

    • Helena Simão
      Novembro 7, 2017
      Reply

      Muito obrigada pelas suas palavras Rosa Maria! Assim vale a pena continuar!
      Um beijinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *