O que importa?

Não importa o que esperam de ti. Deixa-os esperar, deixa-os pensar, deixa-os falar. Se não sabem quem és, não se deram ao trabalho de estar ao teu lado, de te conhecer, de te ajudar. Não importa o que esperam de ti. Criaste camadas de expetativas, de pensamentos do que poderias fazer, de quem poderias ser, de quem poderias seguir.
Despe essa pele que já não te serve, que já não faz parte de ti. Tu és único. Não és o que esperam de ti ou que falam sobre ti. És muito mais do que apenas um contorno, uma forma, um rosto, um corpo. És pensamento e ação. És escolhas e pausas. És cor e música e silêncio.
És a melhor versão do teu passado e um rascunho do teu futuro. És realidade e ficção, dia e noite, sonho e pesadelo. És uma casa em construção, um barco que navega em alto mar. Saberás para onde ir? O que importa?

Créditos da imagem: Direitos Reservados

 

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *