Filipinas: um hotel em sintonia com a natureza

A estadia no Balinsasayaw Resort, em Coron, nas Filipinas, é uma experiência muito especial. O hotel ecológico, localizado na ilha de Uson, a cerca de 15 minutos de barco da vila de Coron, que fica na ilha vizinha de Busuanga, onde também se encontra o aeroporto, é, por si só, um local que vale a pena conhecer naquele país do sudeste asiático. Pela proximidade com a natureza. Pelo silêncio e pela paz. Pela gastronomia local.
Os quartos são cabanas simples, mas com as comodidades necessárias, como ar condicionado e água quente. O mais estranho será talvez a falta de cortinas que protejam as amplas janelas da luz exterior. Tal significa que, assim que amanhece, a luz do dia entra no quarto. Mas acordar cedo é uma inevitabilidade, até porque a maioria dos animais também desperta com o amanhecer. Experienciar tudo isto é estar em sintonia com a natureza e é um privilégio.

Não nos podemos esquecer que estamos numa zona distante e de difícil acesso e que os próprios filipinos vivem de forma muito humilde, sobretudo nestas regiões longe das grandes cidades e menos turísticas. A receção do hotel, onde está também a sala de refeições, é uma construção em madeira, aberta dos lados, ideal para refrescar em dias e noites quentes, bem como para apreciar as cores intensas daquele mar calmo, que vai mudando de tonalidade consoante a luz.
A comida é tradicional: do porco ao frango, passando pelo peixe grelhado e pelos mariscos. O arroz é obrigatório em todas as refeições, já que os filipinos são grandes consumidores (e produtores) deste cereal. O menu é igual para todos, com exceção de quem é intolerante ou não come algum alimento, e inclui sempre sopa, dois pratos e fruta. Por aqui, vi pela primeira vez melancia de cor amarela.

Mas o melhor deste lugar é a natureza viva, é a riqueza de plantas, de flores, de animais, a água do mar e a vista privilegiada sobre a ilha de Coron, onde se encontram os fantásticos lagos Kayangan e Barracuda, por exemplo. (ver artigo Filipinas: os lagos mais belos do mundo http://startingtoday.pt/index.php/2017/04/05/filipinas-os-lagos-mais-belos-do-mundo/)
O resort dispensa pequenos barcos, alguns apenas de dois lugares, para que, quem ali pernoita, se possa deslocar até duas plataformas instaladas sobre a água. Aí, o fundo do mar é absolutamente incrível. A água é límpida e transparente, o coral está intacto e tem tonalidades impressionantes e há peixes de todas as cores e feitios a passear livremente.
Estando na praia do hotel, basta avançar alguns metros, água dentro, para encontrar espécies de peixes que apenas se encontram nestes lugares exóticos de águas quentes, como a pequena “Dory” azul e amarela, assim conhecida de um filme de animação, mas que se chama cirurgião patela, e estrelas do mar. Para quem prefere descansar, existem algumas espreguiçadeiras de bambu junto ao areal, ideais para absorver as boas energias daquele pedaço de paraíso.

Créditos das imagens: Helena Simão

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *