Ser mais

Tudo é como tem de ser?
Por vezes, parece que somos meros peões num tabuleiro de xadrez e de nada nos serve querer mudar a jogada e surpreender o adversário. Perdemos na mesma.
Outras vezes, sentimos um poder enorme dentro de nós que nos faz acreditar que podemos tudo.
Podemos? Tentemos, pelo menos. É na coragem de querer ver mais, de ir mais longe, de ser mais, que está o nosso mérito. Para que, no final, tudo seja como tem de ser.

Créditos da imagem: Direitos Reservados

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *