Quando…

Quando o mundo se une para assistir à tua derrota, fortalece a chama da vida que há em ti e não te dês por vencido. Quando o vento sopra com demasiada força e te obriga a ir por onde não querias, arrisca. Há muitos caminhos para chegar ao mesmo destino. Quando desaba sobre a tua cabeça um fardo que não te pertence, usa a tua fé para ultrapassar essa barreira.
Quando o tempo conspira para te tirar ânimo e parece querer dizer-te que não vais a lado nenhum, levanta os olhos e usa esse mesmo tempo para pensar como vais lá chegar. Quando os outros, os desanimadores, os pessimistas, os desistentes surgem na tua vida para te diminuir, não lhes dês ouvidos, dá-lhes desprezo. Só tu sabes o que é melhor para ti, mesmo que não te dês conta disso.
Não deixes que o ruído à tua volta perturbe a tua paz interior. Mantém-te sereno, espera que a tempestade passe. E, depois, olha novamente para o céu azul e para o sol que brilha mais intenso do que nunca. Tu és muito mais do que meros obstáculos. És muito mais do que “ses” ou “quandos”.

Créditos da imagem: Nathalie Aguiar

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *