Dar certo

Quando é para dar certo, todos os sentidos ajudam, todas as direções estão certas, todos os caminhos vão dar ao mesmo destino. Quando é para ser, até às subidas parecem descidas, até a noite ganha luz como se fosse dia, até o frio cortante do Inverno se dissipa no calor de uma fogueira.
Quando é para dar certo, o telefone toca, o e-mail chega, o encontro surge. Quando é para acontecer, até o vento empurra para aproximar, até quem deseja mal acaba por ajudar sem querer, até os prenúncios da desgraça se transformam em presentes.
Mas para dar certo, tem de dar errado muitas vezes. Quando não é para ser, tudo conspira para não irmos por ali. E quanto mais insistimos, mais os sinais nos dizem com clareza que aquele não é o caminho. A nossa teimosia é, às vezes, um bloqueio. Não queremos ver o que está à nossa frente. Perceber os sinais é uma arte. Agradecer o que a vida nos dá significa que o certo se aproxima.

Créditos da imagem: Direitos Reservados

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *