“A Bicicleta”: novo conceito de “food ride”

“A Bicicleta” é o novo restaurante da capital. Instalado no Hotel Novotel Lisboa, junto à Praça de Espanha, é um passeio tranquilo pelos sabores da gastronomia tradicional portuguesa com um toque de fusão com as mais variadas cozinhas internacionais e é um convite a pedalar num ambiente descontraído, trendy e informal, contrariando a ideia que temos habitualmente dos restaurantes dos hotéis.
E é precisamente este ponto que o distingue: “O nosso objetivo era criar um restaurante dentro do hotel, e não do hotel, que cativasse as pessoas a entrar e a conhecer este espaço”, explica Bernardo Figueiredo, diretor delegado Mercure e Novotel Portugal. As várias bicicletas existentes no restaurante são o fio condutor do conceito, assim como as ervas aromáticas e a variedade de espaços: há uma bancada no centro da sala, para quem prefere partilhar refeições com amigos ou familiares, há mesas mais pequenas para almoços ou jantares a dois e há sofás para quem opta por ir beber um copo ou lanchar.
A decoração torna o ambiente acolhedor. O atendimento, bastante cuidadoso, e os pratos, que, afinal, são os protagonistas desta experiência sensorial, têm a capacidade de transformar uma pequena pausa num dia agitado numa viagem tranquila por destinos exóticos, mantendo sempre os pés nas raízes portuguesas.
Os petiscos são o prato principal deste restaurante. Bernardo Figueiredo explica que “foi dada voz aos clientes do hotel para se tentar perceber o que eles gostariam de comer e cerca de 70% escolheu esta opção”. Ao almoço, está disponível o Menu do Dia, que inclui couvert, sopa, prato de peixe ou de carne e café, por 8,5€. O Menu Burger (8€) é outra opção para quem prefere um hambúrguer de 150 gramas e batatas fritas. À hora do lanche, é servido o Menu Tea Time com bebida quente ou sumo do dia e uma finger sandwich ou tarte caseira, por 5€.
Depois de ser servida com uma bruschetta de tomate com queijo parmesão e água aromatizada com laranja e melão com hortelã, aceito a sugestão do chef Carlos Pedro, ex-chefe executivo do restaurante “Vestigius” e ex-subchefe do “Cais da Pedra”, de Henrique Sá Pessoa, e parto à descoberta do Camarão al Ajillo com gengibre, servido no tacho, que rapidamente me transporta para paragens distantes. As cores e os aromas aguçam a curiosidade do paladar que facilmente se deixa deslumbrar.
De bicicleta, pois claro, viajo para o Bacalhau à Brás Tex Mex, leve, fresco e colorido, como se estivesse do outro lado do mundo a ouvir um grupo de mariachi. Na carta, há ainda outras propostas sedutoras, como as Asinhas de Frango com molho Hoisin, os Legumes Grelhados e Ervas Frescas e o Pica-Pau de Lombo com pickles caseiros, ideais para partilhar com os amigos. Há ainda conservas, queijos, enchidos, pratos de bacalhau e carnes. Para quem não dispensa carne, a sugestão mais acertada é a costeleta Tomahawk.
No final, rendo-me ao creme de baunilha com fruta, uma requintada combinação de morangos, ananás e kiwi com a consistência adocicada e cremosa da baunilha. Para os turistas estrangeiros, e não só, é servida uma sobremesa “ao cubo” que inclui encharcada, arroz doce e leite creme, um prato para saborear um pouco da história da nossa cozinha.
Aberto desde 19 de Setembro, o restaurante “A Bicicleta” está a revelar-se um sucesso. “Os nossos clientes deixam-se cativar pelo ambiente deste espaço e já o procuram naturalmente. De fora para dentro, ou seja, pessoas que não estão instaladas no hotel, também se nota essa procura, sobretudo ao jantar”, refere o responsável. Bernardo Figueiredo admite estar já a estudar a possibilidade de transportar este conceito para os outros hotéis do grupo existentes em Portugal. O Novotel encontra-se também em Setúbal e Vila Nova de Gaia, enquanto o Mercure está em Lisboa, Figueira da Foz, Vila Nova de Gaia, Porto e Braga. Espanha é também uma hipótese em aberto, devidamente adaptada à cozinha tradicional espanhola.
Até 31 de maio de 2017, o restaurante dá um incentivo extra a quem se desloque de bicicleta, durante a hora de almoço, oferecendo um desconto de 20% em todas as refeições, excluindo os menus e as bebidas.
O Novotel Lisboa é um hotel de quatro estrelas, situado na Avenida José Malhoa, nº 1. Cerca de metade dos clientes são nacionais enquanto a outra metade vem de França, Espanha, Inglaterra e Brasil. O restaurante está aberto todos os dias entre as 11 horas e a meia-noite.

Créditos da imagem: Helena Simão
Este texto integra a rubrica “Saborear” do portal SAPO Viagens.

Arquivo

2 Comments

  1. Setembro 7, 2017
    Reply

    It’s actually a nice and helpful piece of information. I’m satisfied that you just shared this helpful info with us. Please keep us up to date like this. Thank you for sharing.

    • Helena Simão
      Setembro 8, 2017
      Reply

      Thank you for your comment!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *