Sabias?

Quero que saibas que sou um pouco desvairada, acredito nas pessoas, na bondade delas, às vezes mais do que em mim própria, mas no dia em que deixo de acreditar, a porta fecha-se e a chave desaparece.
Quero que saibas que sou teimosa, mas não é porque sim. Só insisto quando tenho fé naquele caminho, só vou à luta quando sei, simplesmente sei, que vou ser melhor depois desse desafio. Não quero ser mais do que ninguém, não quero ocupar o lugar de outra pessoa, quero apenas ocupar o meu lugar. Não sou melhor nem pior, sou diferente.
Quero que saibas que sou exigente com o mundo que me rodeia e é por isso que tantas vezes choro. Espero demasiado dos outros, eu sei, mas só o faço porque sou assim comigo própria. Ninguém é mais exigente e mais crítica do que eu.
Quero que saibas que vivo num mundo muito meu. Tenho um lugar especial dentro de mim, onde vou buscar força quando o mundo me tenta derrubar, onde vou buscar a coragem quando o sonho se desvanece num pesadelo, onde vou buscar alegria quando os outros me sugam o sorriso. Sou alto e baixo, movimento e pausa, música e silêncio, cor e nevoeiro, terra e fogo. Sabias?

Créditos da imagem: Catarina Lopes

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *