Despensa N.6: a pastelaria que é amiga da nossa saúde

Patrícia Machado, de 28 anos, trocou uma carreira promissora em auditoria financeira pela criação de um espaço onde os alimentos processados ficam à porta. Em conjunto com o namorado, Pedro Dias, de 29 anos, engenheiro eletrotécnico, abriu a Despensa N.6, perto da Avenida de Roma, em Lisboa, uma pastelaria de sabores saudáveis, sem glúten, certificada pela Associação Portuguesa de Celíacos.
A vida deste casal é bastante agitada desde a abertura, em março deste ano, mas o esforço compensa, asseguram, já que o retorno de quem frequenta o espaço “é muito superior às expetativas iniciais”. “É a realização de um sonho, é algo nosso pelo qual trabalhamos diariamente com muito carinho”, revela Patrícia enquanto esboça um grande sorriso. O espaço, que não foi fácil de encontrar, foi projetado e decorado com cores claras e linhas simples. A ideia é descomplicar, mostrando que “não é tão difícil como pensamos comer bem e com sabor”, adianta a responsável. E é também fazer com que nos sintamos no conforto da nossa casa.
Apesar de não ter formação nesta área, Patrícia sempre foi uma adepta da alimentação saudável e, tal como Pedro, não encontrava um local onde ambos pudessem tomar o pequeno-almoço ou lanchar de uma forma saudável. “A Despensa N.6 é o resultado de uma necessidade individual. Sempre tivemos cuidado com os açúcares e com o glúten e, se para almoçar ou jantar, é relativamente fácil comer uma salada, por exemplo, já, no que toca aos snacks, não é assim tão fácil”, refere. Ambos seguem a dieta Paleo XXI que se baseia na simplicidade, ou seja, exclui alimentos processados, hidratos de carbono simples e produtos com glúten ou lactose.

Sem sentimentos de culpa, por aqui, podemos encontrar pão, bolos, crepes, batidos e sumos, tudo caseiro e delicioso. A pastelaria serve também almoços, tendo diariamente uma sopa do dia, saladas de húmus, queijo e nozes ou atum e omeletes. Os batidos são preparados com leite de coco e existe também a versão proteica para os que se preparam para treinar. Além disso, oferece duas bebidas probióticas difíceis de encontrar: o kefir, produzido através da fermentação do leite, e a kombucha, uma bebida fermentada que se obtém a partir do chá.
Mas a Despensa N.6 é, como o próprio nome indica, um local onde podemos abastecer a nossa despensa. Desde granolas (cacau e sementes), passando pelo sal dos Himalaias, açúcar de coco e canela Ceylon, às pastas de avelã, avelã e cacau, amêndoa, tâmara, húmus e cenoura e curcuma, que são a mais recente aposta do espaço e estão à venda com preços entre os 3,95€ e os 5,95€. E, claro, o pão de aveia com sementes de abóbora ou linhaça, que é, sem dúvida, um dos produtos estrela deste lugar.

Há ainda duas opções de brunch: uma com pão da casa e duas pastas vegetais, ovos mexidos, uma fatia de bolo e bebida (8,5€) e outra com crepe, parfait de iogurte grego ou queijo quark com granola e fruta, uma trufa e bebida (10,5€). A montra está bem recheada de cor e tentadoras sobremesas, como bolachas, trufas, brownies, mousse de chocolate, tarte de amêndoa, pudim de chia e cheesecake. A satisfação da nossa gula está garantida por aqui e o melhor é que, em simultâneo, estamos a zelar pela nossa saúde.
Para outubro, serão introduzidas algumas novidades a pensar nos dias mais frios.

Horário: aberto de terça a domingo, das 9h às 19.30h

Morada: Av. Sacadura Cabral, nº 6, Lisboa

Créditos das imagens: Helena Simão
Este texto integra a rubrica “Saborear” do portal SAPO Viagens.

Arquivo

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *